ROCKERS – By Supla


supla

Supla montou uma exposição fotográfica com fotos de vários ícones do Rock mundial. Vale a pena conferir na FAAP.

Uol – Começa na quarta-feira (16), no Museu de Arte Brasileira da FAAP, a exposição “Rockers”. O evento traz 270 imagens de ícones do rock feitas pelo célebre fotógrafo norte-americano Bob Gruen, dos anos 60 aos tempos atuais. A mostra vai até o dia 1º de julho.


Sob a curadoria do cantor Supla, a mostra será dividida em nove segmentos temáticos. Entre os quais, “Wall”, com fotos variadas de artistas de diversas épocas, como Tina Turner, Rolling Stones, Kiss e outros; “Camarim”, com cenas de bastidores; “Quarto de adolescente”, simulando, como o nome indica, um quarto de adolescente com pôsteres, fotos e revistas; “Sala John Lennon”, com imagens do ex-Beatle, e “Sala Punk”, abordando grandes nomes do estilo, como Patti Smith, Dead Boys, Devo e Ramones.

Entre os trabalhos do fotógrafo, Supla destaca imagens como a de Sid Vicious se lambuzando com um cachorro quente e Mick Jagger ao lado de seu “clone”, o vocalista dos New York Dolls, David Johansen, além da clássica série com John Lennon e Yoko Ono em Nova York.

Nascido em 1946, Bob Gruen é um dos mais importantes fotógrafos de rock de todos os tempos. Logo em seu primeiro trabalho musical fotografou um dos momentos mais importantes da história da música pop: a lendária apresentação de Bob Dylan no Newport Folk Festival, em 1965, em que o músico apareceu com uma banda elétrica pela primeira vez, para revolta dos fãs puristas. De lá para cá, praticamente todo mundo que foi digno de nota na história do rock and roll foi registrado por suas lentes.

Nos anos 70, se tornou amigo pessoal de John Lennon e Yoko Ono, adquirindo acesso à intimidade do casal como nenhum outro fotógrafo. Enquanto isso, registrava na noite de Nova York o embrião do punk e da new wave desde 1971, em casas noturnas como Max´s Kansas City e CBGB´s. São suas algumas das primeiras fotos conhecidas de bandas como os New York Dolls, Ramones e Blondie.

Bob Gruen também clicava para revistas como “Rock Scene”, “Creem” e “Rolling Stone” os maiores nomes da época em ação. De Bob Dylan e Ike & Tina Turner a Led Zeppelin e os Rolling Stones, todos foram fotografados por Gruen no auge de suas carreiras. Tudo isso enquanto construía relacionamentos duradouros com os artistas, conseguindo assim registrar momentos íntimos dos quais poucos colegas poderiam se gabar.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s